fbpx

Outono: a estação requer cuidado redobrado com os idosos

Uma nova estação: chegada do outono exige atenção redobrada com os idosos

Uma nova estação! O outono chegou e traz com ele uma atenção redobrada: o cuidado com os nossos idosos. É um período em que a temperatura ambiente começa a cair, afinal, são dias de ventos e noites mais frias. Na terceira idade, muitas pessoas não tem o mesmo vigor do passado e as baixas temperaturas podem fazer com que se sintam mais cansadas, mais desmotivadas. A sensação de frio pode se tornar ainda maior, podendo fazer com que os eles se sintam deprimidos. Logo, a melhor estratégia é manter-se protegido, agasalhado e evitando deslocamentos à noite.

Outro ponto importante é que, segundo dados divulgados recentemente pelo Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia, embora o outono seja ameno no Brasil, é de extrema importância estar alerta, pois é também nessa estação que as temperaturas mudam e o aumento de alergias e doenças respiratórias cresce consideravelmente.

Pensando nisso, o blog da CSL listou alguns dos principais cuidados para evitar os problemas da estação – tanto para idosos independentes, quanto para aqueles que tem alguma dificuldade em se movimentar ou agir sozinhos. Confira:

Hidratação

A desidratação é uma das causas mais comuns de internação dos idosos nesse período, por mais incrível que se possa parecer. Com as temperaturas mais baixas, os idosos não conseguem sentir muita sede e os familiares muitas vezes podem não perceber isso. É muito importante que as pessoas da terceira idade se mantenham hidratadas, através de sucos naturais elaborados com frutas cítricas e da estação, chás gelados e principalmente, água. Nosso corpo é constituído de 70 a 75% de água, com o passar do tempo, nosso corpo passa a ter certa dificuldade de absorver os nutrientes e daí a necessidade de se consumir mais líquidos para repor o que foi absorvido, evitando assim confusões mentais, desgastes físicos e a sonolência diurna frequente nessa idade.

Reforço da vitamina D

Tomar 15 minutos de sol pela manhã, antes das 10h, fará com que os ossos fiquem mais fortes.

Boa alimentação

Uma alimentação balanceada, integrando proteínas e carboidratos, é essencial para os idosos. Ela deve ser preparada e consumida no mesmo dia, com atenção especial às quantidades. A alimentação deverá ser oferecida ao idoso em pelo menos seis vezes ao dia: café da manhã, colação (aquele suquinho), almoço, lanche, jantar e ceia. A consultoria com uma nutricionista poderá ser de grande ajuda nesse momento.

Xô, alergias! Não deixe elas te pegarem!

Outro aspecto que requer muita atenção nesse momento são as alergias e doenças respiratórias que ocorrem nesse período. Isso afeta não apenas aos idosos, mas às crianças. Pólen, rinites, sinusites, bronquites e asma são frequentes nessa estação. A gente não deve se esquecer que estamos sob isolamento por conta do coronavírus, portanto, toda medida de proteção ainda é pouco. Manter a casa arejada, limpa e organizada pode contribuir muito para a saúde respiratória de nossos idosos.

Idosa com problemas respiratórios – Imagem ilustrativa

Prática de exercícios leves

A gente sabe que a mobilidade da terceira idade, sobretudo dos vovôs e vovós não é muito grande. As dores nas articulações, bem como o desânimo é decorrente de pouca ou nenhuma atividade física. E, com o passar dos anos nessa mesma situação, há o aumento de peso e as comorbidades relativas tanto ao envelhecimento quanto a obesidade e doenças crônicas. Fazer exercícios leves como pequenas caminhadas, exercícios de alongamento dos braços e pernas e algumas atividades físicas como hidroginástica podem contribuir bastante para manter o bem-estar geral dos idosos.

Alguns deles podem ficar deprimidos em estações frias, já que escurece mais cedo e o clima fica muito frio, o que dificulta certas atividades – especialmente as que são ao ar livre. Quando oferecemos oportunidades para distração, ajudamos os idosos a desfrutar de uma experiência positiva não só nesta estação como durante todo o ano.

Uma Resposta

  1. […] Outono: a estação requer cuidado redobrado com os idosos […]

Deixe uma resposta

Seja um doador

A Casa São Luiz acredita que fazer o bem gera um impacto positivo na sociedade e na vida das pessoas. Sabemos que é crescente o número de cidadãos e empresas que tem no seu propósito o olhar e cuidado para com o próximo.

  • "Lindo lar para o descanso na melhor idade! Médicos e profissionais que cuidam do que há de verdade no termo SER HUMANO!"

    Gutemberg Landi Jr.

    ex-colaborador

  • "Local agradável, acolhedor e com pessoas simpáticas no seu atendimento."

    Fernando Frota

    visitante

  • "Um pedacinho do Paraíso. Local onde ainda preserva-se o Amor e o respeito pelo ser humano!"

    Cristiane Casilha

    colaboradora

  • "Excelentes profissionais, fiz meu estágio com as Assistentes Sociais Vanda e Lenilda que só somaram na minha vida profissional. O carinho delas com os pacientes e familiares é um diferencial."

    Clarice Abreu

    visitante

  • "Excelente casa de repouso. Agradeço muito pela a oportunidade de ter podido trabalhar com excelentes profissionais. Um lugar aconchegante, tranquilo e com pessoas atenciosas nos seus cuidados. Profissionais de primeira. Um verdadeira família!"

    Aline Macedo

    visitante

  • "Lugar de Paz e Tranquilidade, foi um prazer ter trabalhado neste ambiente, ou melhor, ter feito parte desta família tanto da parte profissional quanto da parte dos residentes..Experiência para toda a Vida!"

    Alexandre Mendes

    visitante

Agende uma visita

A Casa São Luiz é sinônimo de vida, de atenção, de alegria diária e de boas energias, onde as pessoas vivem e aproveitam seu tempo. Venha conhecer mais um pouco do que oferecemos. Agende uma visita. Teremos um grande prazer em receber você.

    SEJA DOADOR
    Translate »
    %d blogueiros gostam disto: