fbpx

Mal de Parkinson: como contornar seus efeitos?

Idosa com doença de Parkinson - Imagem ilustrativa

Você já conheceu alguém com Mal de Parkinson? Teve curiosidade em saber o que é e como contornar seus efeitos?

A doença de Parkinson é marcada pela degeneração progressiva dos neurônios produtores do neurotransmissor dopamina, intimamente relacionados ao domínio sobre os movimentos do corpo. Esse processo de destruição das células nervosas ocorre em vários cantos do cérebro e gera, na maioria das vezes, sintomas como rigidez muscular e tremores involuntários.

Sintomas de Parkinson

  • Tremores involuntários em situação de repouso
  • Rigidez muscular
  • Lentidão de movimentos
  • Passos mais lentos e arrastados
  • Perda das expressões faciais
  • Depressão
  • Dores musculares constantes
  • Constipação

Diagnóstico do Parkinson

O diagnóstico do Parkinson leva em conta justamente o que o médico nota e o paciente sente. É possível lançar mão de métodos de imagem para afastar outras doenças, mas não há um exame de sangue que o acuse.

A detecção precoce faz, como sempre, a diferença. Infelizmente, metade dos episódios só é desvendada em fase avançada e ainda há uma fração considerável que desconhece ser portadora do problema.

Desmascarar o Parkinson não significa apenas estabelecer um tratamento, mas convencer o paciente de que seu problema, compartilhado por outros 4 milhões de pessoas mundo afora, é passível de controle por anos.

Homem idoso com sinais de Parkinson - Imagem ilustrativa
Homem idoso com sinais de Parkinson – Imagem ilustrativa

Tratamento

O tratamento se dá, sobretudo, por meio de medicamentos que buscam compensar os efeitos da redução de dopamina característicos da doença de Parkinson, e são prescritos pelo médico responsável com o objetivo de melhorar os efeitos causados pelos sintomas da doença.

O seguimento com equipe multiprofissional – com fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e musicoterapeutas – contribui para a melhora da qualidade de vida do paciente. Em alguns casos, pode ser indicado o tratamento cirúrgico, especialmente quando não há resposta ao tratamento conservador.

Leia também:

Uma Resposta

  1. […] Mal de Parkinson: como contornar seus efeitos? […]

Deixe uma resposta

Seja um doador

A Casa São Luiz acredita que fazer o bem gera um impacto positivo na sociedade e na vida das pessoas. Sabemos que é crescente o número de cidadãos e empresas que tem no seu propósito o olhar e cuidado para com o próximo.

  • "Lindo lar para o descanso na melhor idade! Médicos e profissionais que cuidam do que há de verdade no termo SER HUMANO!"

    Gutemberg Landi Jr.

    ex-colaborador

  • "Local agradável, acolhedor e com pessoas simpáticas no seu atendimento."

    Fernando Frota

    visitante

  • "Um pedacinho do Paraíso. Local onde ainda preserva-se o Amor e o respeito pelo ser humano!"

    Cristiane Casilha

    colaboradora

  • "Excelentes profissionais, fiz meu estágio com as Assistentes Sociais Vanda e Lenilda que só somaram na minha vida profissional. O carinho delas com os pacientes e familiares é um diferencial."

    Clarice Abreu

    visitante

  • "Excelente casa de repouso. Agradeço muito pela a oportunidade de ter podido trabalhar com excelentes profissionais. Um lugar aconchegante, tranquilo e com pessoas atenciosas nos seus cuidados. Profissionais de primeira. Um verdadeira família!"

    Aline Macedo

    visitante

  • "Lugar de Paz e Tranquilidade, foi um prazer ter trabalhado neste ambiente, ou melhor, ter feito parte desta família tanto da parte profissional quanto da parte dos residentes..Experiência para toda a Vida!"

    Alexandre Mendes

    visitante

Agende uma visita

A Casa São Luiz é sinônimo de vida, de atenção, de alegria diária e de boas energias, onde as pessoas vivem e aproveitam seu tempo. Venha conhecer mais um pouco do que oferecemos. Agende uma visita. Teremos um grande prazer em receber você.

    SEJA DOADOR
    Translate »
    %d blogueiros gostam disto: