fbpx

10 filmes sobre artes e artistas da história

Reprodução: Envato Elements

A história das artes pode dividir opiniões. Uns amam, outros odeiam e alguns simplesmente não se importam. Entretanto, não podemos negar que a arte como um todo é extremamente importante não apenas para o processo de formação do mundo, mas também para a evolução do ser humano.

Além de traduzir experiências de vida, também é um veículo riquíssimo de informação, pois por meio de suas mais diversas formas (música, teatro, dança), entramos em contato com diferentes períodos históricos, estéticos e conhecemos diferentes culturas – o que agrega em nosso próprio crescimento.

Pensando nisso, o blog da Casa São Luiz listou 10 filmes incríveis sobre o assunto, nacionais e internacionais, com opções para todos os gostos. Afinal, viva as artes!

Filmes sobre artes – nacionais

Tim Maia

Cinebiografia do cantor Tim Maia, baseada no livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia”. O filme percorre cinquenta anos na vida do artista, desde a sua infância no Rio de Janeiro até a sua morte, aos 55 anos de idade. Polêmicas, drogas, amores, além das músicas que marcaram sucesso na sua carreira, como “Gostava Tanto de Você”, Eu Amo Você, “Do Leme ao Pontal”, entre outros, permeiam o enredo do filme.

Lançamento: 30 de outubro de 2014
Gênero: Drama, Biografia
Direção: Mauro Lima
Roteiro: Nelson Motta, Mauro Lima
Elenco: Babu Santana, Robson Nunes, Alinne Moraes

Somos Tão Jovens

Somos Tão Jovens se passa em Brasília, 1973 e acompanha Renato Russo (Thiago Mendonça), que acabou de se mudar com a família para a cidade, vindo do Rio de Janeiro. Na época ele sofria de uma doença óssea rara, a epifisiólise, que o deixou numa cadeira de rodas após passar por uma cirurgia. Obrigado a permanecer em casa, aos poucos ele passou a se interessar por música. Fã do punk rock, Renato começa a se envolver com o cenário musical de Brasília após melhorar dos problemas de saúde. É quando ajuda a fundar a banda Aborto Elétrico e, posteriormente, a Legião Urbana.

Lançamento: 3 de maio de 2013
Gênero: Drama, Biografia
Direção: Antonio Carlos da Fontoura
Roteiro: Marcos Bernstein
Elenco: Thiago Mendonça, Laila Zaid, Bruno Torres

Elis

Cantora desde a infância, Elis Regina Carvalho Costa (Andreia Horta) entra na vida adulta deixando o Rio Grande do Sul para espalhar seus inúmeros talentos para as artes pelo Brasil a partir do Rio de Janeiro. Em rápida ascensão, ela logo conquista uma legião de fãs, entre eles o famoso compositor e produtor Ronaldo Bôscoli (Gustavo Machado), com quem acaba se casando. Estrela de TV, polêmica, intensa e briguenta, a “Pimentinha” não tarda a ser reconhecida como a maior voz do Brasil em uma carreira marcada por altos e baixos.

Lançamento: 24 de novembro de 2016
Gênero: Drama, Biografia
Direção: Hugo Prata
Roteiro: Hugo Prata, Vera Egito
Elenco: Andreia Horta, Caco Ciocler, Gustavo Machado

Divinas Divas

Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios formaram, na década de 1970, o grupo que testemunhou o auge de uma Cinelândia repleta de cinemas e teatros. O documentário acompanha o reencontro das artistas para a montagem de um espetáculo, trazendo para a cena as histórias e memórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época.

Lançamento: 22 de junho de 2017
Gênero: Documentário
Direção: Leandra Leal
Roteiro: Carol Benjamin, Leandra Leal
Elenco: Jane di Castro, Rogéria, Divina Valéria

Romance

Pedro (Wagner Moura) é um ator e diretor de teatro, que se apaixona por Ana (Letícia Sabatella), também atriz, ao contracenar com ela a peça “Tristão e Isolda”. O namoro deles é afetado pelo posterior sucesso dela na TV, impulsionado pela empresária Fernanda (Andréa Beltrão). Além disso, ao gravar um especial de TV, Ana conhece Orlando (Vladimir Brichta), um ator por quem se apaixona. O filme mostra toda a rotina da montagem de um espetáculo, desde cenário e som, até a apresentação; além da preparação de elenco para gravações programas de televisão, entre outros.

Lançamento: 14 de novembro de 2008
Gênero: Romance
Direção: Guel Arraes
Roteiro: Guel Arraes, Jorge Furtado
Elenco: Wagner Moura, Letícia Sabatella, José Wilker

Filmes sobre artes – internacionais

A voz Suprema do Blues

A Voz Suprema do Blues Voz acompanha Ma Rainey (Viola Davis) em Chicago, 1927, numa sessão de gravação de álbum mergulhada em tensão entre seu ambicioso trompista Levee (Chadwick Boseman) e a gerência branca que está determinada a controlar a incontrolável “Mother of the Blues”. Embora hoje em dia o blues seja conhecido como um estilo cantado predominantemente por homens, nos anos 1920 eram as mulheres que faziam sucesso dentro do gênero. Nesse contexto, Ma foi uma das primeiras cantoras afro-americanas a se profissionalizar, além de uma das primeiras dentro do segmento a gravar álbuns nos anos 1920. O longa pega emprestado essa figura emblemática para contar sua história em um sufocante dia quente de Chicago, permeando fatos reais e fictícios em uma trama que cresce em tensão com o passar dos minutos.

Lançamento: 19 de dezembro de 2020
Gênero: Drama, Musical
Direção: George C. Wolfe
Roteiro: August Wilson, Ruben Santiago-Hudson
Elenco: Viola Davis, Chadwick Boseman, Colman Domingo

“Ray”

Em 1932, Ray Charles (Jamie Foxx) nasce em Albany, uma pequena e pobre cidade do estado da Georgia. Ray fica cego aos 7 anos, logo após testemunhar a morte acidental de seu irmão mais novo. Inspirado por uma dedicada mãe independente, que insiste que ele deve fazer seu próprio caminho no mundo, Ray encontrou seu dom em um teclado de piano. Fazendo um circuito através do sudeste, ele ganha reputação. Sua fama explode mundialmente quando, pioneiramente, incorpora o gospel, country e jazz, gerando um estilo inimitável. Ao revolucionar o modo como as pessoas apreciam música, ele simultaneamente luta conta a segregação racial em casas noturnas que o lançaram como artista. Mas sua vida não está marcada só por conquistas, pois sua vida pessoal e profissional é afetada ao se tornar um viciado em heroína.

Lançamento: 4 de fevereiro de 2005
Gênero: Biografia, Drama, Musical
Direção: Taylor Hackford
Elenco: Bokeem Woodbine, Harry Lennix, Jamie Foxx

Moulin Rounge – Amor em Vermelho

Moulin Rounge é um musical que conta a históriia de Christian (Ewan McGregor), que é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta seu pai para poder se mudar para o bairro boêmio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge.

Lançamento: 24 de agosto de 2001
Gênero: Comédia Musical, Romance
Direção: Baz Luhrmann
Roteiro: Baz Luhrmann, Craig Pearce
Elenco: Nicole Kidman, Ewan McGregor, John Leguizamo

Fridah

Frida Kahlo (Salma Hayek) foi um dos principais nomes da história artística do México. Conceituada e aclamada como pintora, ele teve um agitado casamento aberto com Diego Rivera (Alfred Molina), seu companheiro também nas artes, e ainda um controverso caso com o político Leon Trostky (Geoffrey Rush), além de várias outras mulheres.

Lançamento: 4 de abril de 2003
Gênero: Biografia, Drama
Direção: Julie Taymor
Roteiro: Gregory Nava
Elenco: Salma Hayek, Alfred Molina, Geoffrey Rush

Meia Noite em Paris

Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e sonhou ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que fez com que fosse muito bem remunerado, mas que também lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). Estar nesse lugar faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido. Por conta disso, ele passa a realizar vários passeios noturnos sozinho e descobre que, surpreendentemente, ao badalar da meia-noite, é transportado para a Paris de 1920, época e lugar que considera os melhores de todos. Nessas “viagens”, Gil vai a várias festas onde conhece inúmeros intelectuais e artistas que admira e que frequentavam a cidade-luz naquela época.

Lançamento: 17 de junho de 2011
Gênero: Comédia, Romance
Direção: Woody Allen
Roteiro: Woody Allen
Elenco: Owen Wilson, Rachel McAdams, Michael Sheen

E aí, gostou do nosso conteúdo? Esquecemos de algum filme que fale sobre artes num geral? Comente abaixo!

Leia também:

Deixe uma resposta

Seja um doador

A Casa São Luiz acredita que fazer o bem gera um impacto positivo na sociedade e na vida das pessoas. Sabemos que é crescente o número de cidadãos e empresas que tem no seu propósito o olhar e cuidado para com o próximo.

  • "Lindo lar para o descanso na melhor idade! Médicos e profissionais que cuidam do que há de verdade no termo SER HUMANO!"

    Gutemberg Landi Jr.

    ex-colaborador

  • "Local agradável, acolhedor e com pessoas simpáticas no seu atendimento."

    Fernando Frota

    visitante

  • "Um pedacinho do Paraíso. Local onde ainda preserva-se o Amor e o respeito pelo ser humano!"

    Cristiane Casilha

    colaboradora

  • "Excelentes profissionais, fiz meu estágio com as Assistentes Sociais Vanda e Lenilda que só somaram na minha vida profissional. O carinho delas com os pacientes e familiares é um diferencial."

    Clarice Abreu

    visitante

  • "Excelente casa de repouso. Agradeço muito pela a oportunidade de ter podido trabalhar com excelentes profissionais. Um lugar aconchegante, tranquilo e com pessoas atenciosas nos seus cuidados. Profissionais de primeira. Um verdadeira família!"

    Aline Macedo

    visitante

  • "Lugar de Paz e Tranquilidade, foi um prazer ter trabalhado neste ambiente, ou melhor, ter feito parte desta família tanto da parte profissional quanto da parte dos residentes..Experiência para toda a Vida!"

    Alexandre Mendes

    visitante

Agende uma visita

A Casa São Luiz é sinônimo de vida, de atenção, de alegria diária e de boas energias, onde as pessoas vivem e aproveitam seu tempo. Venha conhecer mais um pouco do que oferecemos. Agende uma visita. Teremos um grande prazer em receber você.

    SEJA DOADOR
    Translate »